Estratégias de marketing B2B: o que não fazer

Diferentemente do planejamento para clientes B2C, as estratégias de marketing B2B devem ser pensadas a partir de gatilhos diferenciados, enquanto o primeiro aposta em ações que fomentem a espontaneidade, emoção e impulsividade dos clientes, no segundo é preciso criar saídas mais elaboradas e que informe melhor esse público tão racional.

Devido a essa dificuldade maior em se aproximar é fundamental não cometer erros durante as ações de marketing B2B e para facilitar esse caminho, nesse artigo do Instituto QualiBest separamos quais os principais erros que devem ser evitados.

Por natureza, os clientes B2B são mais meticulosos e exigentes, mas não necessariamente quanto ao produto oferecido. Não se engane, a qualidade do produto é sim fundamental, contudo, quando o público conhece bem o que quer, o que vai fazer a diferença é a maneira como as vendas são feitas e não exclusivamente o que é vendido. Saiba mais em nosso artigo “B2B e B2C como fidelizar esses clientes e aumentar suas vendas”.

E, pensando dessa maneira, tão importante quanto criar estratégias de marketing assertivas é não cometer erros capitais como os descritos a seguir:

  1. Segmentação muito ampla

Não entenda que você não deva ampliar o seu alcance, mas cuidado para não estender o seu produto a qualquer um que possa ser um usuário do que está oferecendo. É fundamental segmentar a sua audiência para tornar a sua oferta ainda mais irresistível.

Muitas empresas pecam ao não criarem campanhas de marketing diferentes para clientes de diferentes níveis ou mesmo por não buscar informações aprofundadas sobre eles.

A solução nesse caso seria uma segmentação restrita, partindo da construção de um perfil de cliente ideal, detalhando-os a partir da sua área de atuação e realizando entrevistas com os melhores prospectos;

 

  1. Usar jargão em excesso

O uso de jargão demonstra conhecimento sobre o campo de atuação, o que é ótimo para estabelecer uma autoridade, no entanto é preciso ter cuidado para que não tenha o efeito oposto.

O uso excessivo de jargões pode fazer com que seu público tenha dificuldade de entender o seu produto, o que pode dificultar a sua venda, pois causa desinteresse.

A melhor forma de contornar essa situação é conhecendo o seu público, utilizando uma linguagem que esteja de acordo com o que eles esperam;

 

  1. Não focar no cliente

Por mais que pareça, ainda assim, isso não é tão óbvio para muitas empresas. Você sabe e seus colaboradores também, o quanto seu produto é bom, no entanto argumentar sobre como ele é o melhor do mercado, não é o que o seu cliente quer ouvir.

O que um cliente B2B quer saber é como esse produto irá solucionar suas dores e para isso é importante revisar todos os conteúdos informativos do seu site, analisando-o da perspectiva do seu público. Reforçar como ele pode agir como uma solução e não como ele é superior a concorrência é o ideal.

Como foi possível notar, a função de uma estratégia de marketing B2B não se resume apenas a oferecer o melhor produto ou serviço, mas sim em como oferecê-lo de maneira atraente. Lembre-se de que esse tipo de público é extremamente exigente e o melhor caminho para chegar até eles é criando estratégias cada vez mais assertivas.

Para ter acesso a mais informações que vão transformar o seu marketing Business to Business entre em contato com o Instituto QualiBest e fale com um de nossos especialistas.

  • Marcas fazem parte do dia-a-dia das pessoas.

    Entender como as marcas se conectam às pessoas, suprindo necessidades e desejos, conscientes ou não, é um trabalho tão inspirador quanto a motivação de torna-las cada vez mais relevantes.

    Para entender elementos racionais e emocionais, combinamos dados e observação ao contexto que as marcas estão inseridas. Trilhamos caminhos juntos, descobrindo os fatores que permeiam a imagem e o território das marcas, gerando insights inspiradores e recomendações claras.

    Entre em Contato

  • Experiências estão em toda a parte.

    Oferecer uma experiência relevante aos consumidores em um mundo omni-channel, com rápida experimentação de novas tecnologias, também é missão nossa.

    Pessoas transitam entre lojas físicas e ambientes digitais, contextos culturais e relações sociais e nós utilizamos uma variedade de recursos, técnicas e metodologias para analisar estas vivências de diferentes ângulos. Não deixamos nada para trás, hábitos e atitudes, comportamentos, valores, fatores de escolha e opinião.

    Estamos de olho em todo o processo e contexto, assim, fundamentamos nossas recomendações estratégicas e táticas, para a tomada de decisões, em todos os pontos de venda do cliente.

    Entre em Contato

  • Facilitando campanhas eficientes.

    Pesquisas inteligentes e bem executadas trazem novos caminhos para inovação e criatividade na comunicação. Sabemos que quando se trata de mídia, tudo joga a favor do conhecimento.

    Grandes marcas e agências utilizam nossas metodologias para entenderem o desempenho de suas campanhas ontem, hoje e amanhã.

    Nossa inteligência digital permite o uso das mais avançadas tecnologias de pesquisa em pré e pós testes de campanhas. Podemos avaliar como uma ideia funcionará para determinados meios, veículos, canais, públicos, etc. Conhecemos o cenário de mídia e atendemos anunciantes e agências de forma flexível e customizada.

    Entre em Contato