O posicionamento de marca diz respeito à forma como você quer que ela seja reconhecida por seus clientes. Mesmo que não sejamos capazes de definir com exatidão quando a crise causada pelo novo coronavírus irá passar, ainda assim podemos ter a certeza de uma coisa: o vírus irá afetar não apenas a maneira como você faz negócios, como as expectativas que os seus clientes terão da sua empresas nos anos que estão por vir.

O que mais vimos nos últimos meses foi o surgimento de novas tendências, como o aumento de pessoas trabalhando remotamente ou de forma híbrida (algo a que inúmeros empreendedores eram resistentes) e crescimento constante e pungente de negócios e estratégias digitais de venda e comunicação. O que antes era apenas uma opção para as empresas, passa a ser muitas vezes a única opção de manutenção do contato com seus consumidores. espaço curto de tempo.

Muitas dessas mudanças certamente chegaram para ficar e, diante desse cenário, não há dúvidas que as empresas precisaram se antecipar para atender as novas expectativas do seu público. Para isso acontecer de maneira efetiva, terão que se apoiar ainda mais em estudos e pesquisas que ajudem a decodificar esse novo comportamento, alinhando-se assim da melhor maneira e o mais rápido possível.

Dessa forma, para que possamos dar luz a um panorama que não está totalmente claro, neste artigo especial do Instituto QualiBest falaremos não apenas sobre como o posicionamento da sua marca deve se dar neste período de acordo com o que os clientes esperam, mas também sobre as atitudes internas necessárias e o que é preciso fazer para ter em mãos insights qualificados.

Como as pesquisas de mercado podem ajudar o seu posicionamento de marca?

Em um momento sem precedentes mudanças únicas, tanto no posicionamento de marca, quanto na maneira como as empresas operam são necessárias para que sejam capazes de atender as expectativas dos seus clientes.

Contudo, independentemente da dificuldade, o sucesso de uma ação de posicionamento de marca tem impacto maior ou menor de acordo com a quantidade e a qualidade de informação que se possui, tanto sobre o consumidor quanto sobre o mercado. É nesse ponto que as pesquisas podem auxiliar.

Com a crise causada pela Covid, muitas empresas precisaram se reinventar, não apenas a maneira de trabalhar internamente, como a forma de atuar junto ao público, que passou a valorizar aspectos diferentes para comprar, mudando seus valores e sua logística.

Para se ter uma ideia, de acordo com o estudo “Comportamento do consumidor após o coronavírus”, realizado entre os dias 10 e 13 de abril de 2020, com 1009 pessoas de todo o Brasil, 40% dos entrevistados lembraram de alguma marca que fez campanhas para ajudar durante a crise. Ou seja, elas se tornaram muito mais relevantes por liderarem ações que estavam em consonância com o momento e também com o que o público esperava ver.

Mas, além de facilitar o entendimento sobre o que os clientes esperam das empresas, seus produtos e serviços, as pesquisas trazem outros benefícios como:

  • Identificar novas oportunidades

Seja para abrir um novo negócio ou se adequar a momentos conturbados, a pesquisa de mercado ajuda a identificar o público certo para o seu produto ou serviço, entender formatos e características esperadas, auxiliar na precificação adequada e saber com quem estou competindo.

  • Melhor compreensão global

Para posicionar sua marca de maneira adequada é necessário conhecer com precisão o perfil dos seus clientes, além da demanda atual para seus ativos. Isso serve para avaliar e atualizar o conhecimento que possui sobre o mercado e como a sua marca poderá oferecer uma solução viável para as necessidades do seu público;

 

  • Maior precisão na avaliação de tendências

Os dados obtidos a partir de estudos de mercado favorecem o uso das melhores práticas, independentemente do setor que sua companhia atua.

Dessa maneira, é possível promover um ciclo de melhorias contínuas de acordo com o momento que o mercado está passando e, consequentemente, os resultados são impulsionados.

Na verdade, este momento é praticamente um quadro em branco, no qual os consumidores demonstram necessidades e preocupações totalmente novas e, por isso, um planejamento estratégico eficiente e embasado em dados qualificados é fundamental para um posicionamento mais assertivo.

6 Coisas que seus consumidores esperam de posicionamento de marca durante e depois da crise

A forma como a pandemia tem afetado os consumidores e seus hábitos em escala global não faz somente com que empreendedores tenham que quebrar a cabeça para se manterem, mas também com que surjam novas oportunidades, com as quais as organizações possam se apoiar para crescer e se adaptar a demandas totalmente novas.

A economia mundial demonstra estar em um processo de restruturação, mas esse não é o único motivo para que as empresas precisem repensar sua maneira de vender. Todos os grupos, de diferentes esferas sociais, foram impactados de alguma maneira e isso não pode ser ignorado.

Mas além disso, os consumidores esperam que suas marcas favoritas:

  1. Faça uso de protocolos transparentes de limpeza e segurança

Por ser de conhecimento geral que a forma mais efetiva de deter o contágio do coronavírus é por meio de cuidados com a higiene, nada mais natural que os consumidores valorizem empresas que prezam por protocolos de segurança e limpeza eficientes. Assim, todos ficam na mesma página, o que gera maior confiança e responsabilidade.

Deixe essas diretrizes claras e disponíveis facilmente, seja no seu website ou postagem na rede social;

  1. Crie uma conexão forte conexão emocional com seus clientes

Conectar-se com seus clientes – recorrentes e em potencial – em um nível mais íntimo e humano antes de se fazer uma venda é o que gera e reforça os laços de confiança, além de ser o que ajuda esses indivíduos a terem uma experiência de compra mais positiva com a marca que a sua empresa representa.

Por esse motivo, é fundamental que, no início da interação do processo de venda, você e sua equipe reservem um tempo significativo para aprender tudo sobre seu público, entender quais são os problemas que ele está enfrentando e como o seu produto pode resolvê-lo;

Veja este estudo sobre Brand Experience que trata deste assunto.

  1. Reforcem as qualidades que diferenciam a sua marca

Com um posicionamento de marca forte, fica mais simples ressaltar os valores que diferenciam o produto da sua empresa das demais concorrentes. Para tal, certifique-se de atender os anseios do seu público-alvo, o que ajuda a tornar sua marca única durante toda a jornada de compra;

  1. Agreguem valor

A principal meta deve ser a de ajudar seus clientes a resolverem um problema ou contornarem um desafio que estejam enfrentando. Por esse motivo, seus produtos devem agregar um valor muito maior do que o da venda em si.

Para agregar maior valor aos seus ativos você precisa:

  • Conhecer sua audiência;
  • Trabalhar para desenvolver uma mensagem que crie identificação com o público;
  • Construir a voz da marca;
  • Manter a frequência em suas atividades;
  • Veicular suas campanhas nos canais certos.

Se você quiser saber como esses tópicos funcionam mais a fundo, acesse o nosso artigo “como desenvolver uma estratégia de brand equity para marketing digital?”;

  1. Se mantenha conectado

Só porque temos que cumprir o distanciamento social isso não significa que você e o seu público precisam estar emocionalmente separados. Em razão disso manter contato com eles através das mídias sociais ou por e-mails marketing, para que eles saibam que ainda estão entre suas principais preocupações é fundamental.

Diversos estudos demonstram que as redes sociais funcionam como um canal que aproxima ainda mais o público das empresas e em momentos de crise têm sido um aliado gigante;

Mesmo no auge da pandemia em que todos precisaram cumprir a risca o distanciamento social, isso não significou que você e o seu público precisassem estar emocionalmente separados. Em razão disso, manter contato com eles através das mídias sociais ou por e-mail marketing se tornou fundamental.

Diversos estudos demonstram que as redes sociais funcionam como um canal que aproxima ainda mais o público das empresas e, em momentos de crise, têm sido um aliado gigante;

  1. Não fiquem esperando, vá até os clientes

Os padrões normais de comportamento da vida dos seus clientes foram bruscamente interrompidos. Até mesmo as atividades mais simples, como uma visita ao supermercado ou um jantar em restaurante com os amigos, não podem ser feitos da mesma maneira. Por causa disso, a alternativa mais promissora são as compras online.

As transações digitais tornaram-se uma necessidade indiscutível. Estudos ajudam a traçar o novo perfil do consumidor (digital) em diversas áreas, seja a respeito da sua alimentação, ou mesmo sobre consumo de itens de luxo.

Portanto, estar onde os clientes estão é indispensável.

O posicionamento de marca da forma como está sendo descrito se mostrou fundamental, pois o consumidor se tornou mais consciente, mais atento ao que estão comprando – não apenas com relação ao preço e qualidade dos produtos, mas também levando em consideração o papel da marca no mercado, uma tendência que muito provavelmente irá se manter mesmo depois da pandemia.

Qual a importância disso tudo?

Devido ao cuidado que os consumidores têm tomado, as marcas não podem lançar campanhas de marketing sem planejamento. Mesmo que estejam bem-intencionadas, o tiro pode e muitas vezes vai sair pela culatra, pois os clientes estão observando de perto cada ação.

Ao se posicionar, a empresa firma um compromisso de transmitir seus valores e propósitos. Dessa maneira, tanto sua identidade, quanto a proposta, se tornam mais claras para o público-alvo e tudo isso permite que ele se conecte com este posicionamento de uma maneira única, elevando o nível da sua experiência como um todo.

Em outras palavras, podemos dizer que, ao posicionar a sua marca no mercado, você cria estrategicamente um espaço na mente das pessoas, que pode acontecer por sua empresa ser conhecida como a melhor nas interações ou seu produto ser o mais eficiente – não importa. A partir do momento que você começa a construir essa imagem, é quando você determina de que maneira quer se conectar com seus clientes, quais serão os motivos que agregaram maior valor à marca e que irá torná-los fiéis a sua proposta.

Por tudo isso, você não deve abandonar a prática de uma estratégia bem estruturada e baseada principalmente em dados qualificados. Como mencionamos ao longo deste e outros artigos: quanto mais informações você possuir sobre o seu público, maiores serão as chances de impactá-lo de maneira positiva.

E, ao pensarmos que em um momento de crise onde os hábitos de consumo estão mudando a uma velocidade nunca vista, é preciso ter a certeza do que se está fazendo. Isso é indispensável para que as ações alcancem o sucesso desejado.

Quer continuar por dentro das tendências que movem o mercado? Então, acompanhe o blog do Instituto QualiBest. Para outras dúvidas, entre em contato e fale com um de nossos especialistas.

  • Marcas fazem parte do dia-a-dia das pessoas.

    Entender como as marcas se conectam às pessoas, suprindo necessidades e desejos, conscientes ou não, é um trabalho tão inspirador quanto a motivação de torna-las cada vez mais relevantes.

    Para entender elementos racionais e emocionais, combinamos dados e observação ao contexto que as marcas estão inseridas. Trilhamos caminhos juntos, descobrindo os fatores que permeiam a imagem e o território das marcas, gerando insights inspiradores e recomendações claras.

    Entre em Contato

  • Experiências estão em toda a parte.

    Oferecer uma experiência relevante aos consumidores em um mundo omni-channel, com rápida experimentação de novas tecnologias, também é missão nossa.

    Pessoas transitam entre lojas físicas e ambientes digitais, contextos culturais e relações sociais e nós utilizamos uma variedade de recursos, técnicas e metodologias para analisar estas vivências de diferentes ângulos. Não deixamos nada para trás, hábitos e atitudes, comportamentos, valores, fatores de escolha e opinião.

    Estamos de olho em todo o processo e contexto, assim, fundamentamos nossas recomendações estratégicas e táticas, para a tomada de decisões, em todos os pontos de venda do cliente.

    Entre em Contato

  • Facilitando campanhas eficientes.

    Pesquisas inteligentes e bem executadas trazem novos caminhos para inovação e criatividade na comunicação. Sabemos que quando se trata de mídia, tudo joga a favor do conhecimento.

    Grandes marcas e agências utilizam nossas metodologias para entenderem o desempenho de suas campanhas ontem, hoje e amanhã.

    Nossa inteligência digital permite o uso das mais avançadas tecnologias de pesquisa em pré e pós testes de campanhas. Podemos avaliar como uma ideia funcionará para determinados meios, veículos, canais, públicos, etc. Conhecemos o cenário de mídia e atendemos anunciantes e agências de forma flexível e customizada.

    Entre em Contato