Na hora de gerar seu relatório de pesquisa, há erros comuns que podem não fazer com que os dados não sejam aproveitados da melhor maneira ou, pior que isso, podem gerar informações incorretas. Um desses pontos, por exemplo, é deixar-se levar por vieses inconscientes. Isso significa deixar que o seu contexto e a sua opinião pessoal guiem a análise para um lado ou outro, manipulando os dados de forma a adequá-los àquilo que você acredita ou defende. Isso pode ser mais comum do que se imagina e, se não houver um auto policiamento, é possível que aconteça sem que se perceba.

Para evitar esse e outros erros, é preciso conhecer o seu projeto de pesquisa e seu relatório em todos os detalhes. Faça a interpretação com o tempo necessário para permitir um olhar atento aos dados coletados e, principalmente, às perguntas que geraram esses dados. A maneira de colocar as palavras pode mudar o sentido daquilo que se está dizendo. Portanto, todo cuidado é pouco.

É importante ainda transformar o Big Data em Small Data. Isso quer dizer que, quanto mais e melhor você conhecer o objetivo da sua pesquisa, mais vai conseguir afunilar as respostas colhidas para responder a esse objetivo. Quando você não consegue passar esse filtro, pode se perder nos resultados e nas metas do planejamento inicial.

Por fim, não conhecer bem o público de entrevistados pode outra vez trazer paradigmas incorretos. É importante entender o que há por trás de dados como a idade, classe social, localização e profissão, por exemplo, já que o contexto em que essas pessoas estão inseridas pode trazer cenários importantes para a análise final das respostas que forneceram.

Uma dica de ouro para colaborar com sua análise é observar primeiro os resultados gerais e organizá-lo para uma visualização mais clara. Em seguida, você pode cruzar esses dados e elaborar seus gráficos e conclusões. Aqui temos outras dicas cruciais para uma análise bem feita

Erros antes da análise

Para não errar na análise, é preciso também cuidar das etapas que antecedem a ela. Clique aqui e conheça sete erros comuns ao realizar uma pesquisa com seu público consumidor.

Não entender o objetivo da pesquisa pode prejudicar o relatório final mas, pior do que isso, é não ter um objetivo bem definido, o que impacta na construção da pesquisa em si, com perguntas que não seguem um  foco e a obtenção de resultados não levam a empresa a lugar nenhum.

Com um objetivo bem definido, usar a linguagem adequada também é essencial. A pergunta certa e feita de maneira clara vai trazer informações mais assertivas para seu negócio. O mesmo vale para alternativas, quando forem questões fechadas com opções de múltipla escolha.

A definição da amostra é outro ponto fundamental para atingir os objetivos principais. É preciso saber o target da pesquisa e ter um tamanho de amostra suficiente a ponto de garantir a representatividade daqueles  resultados entre o público alvo. Para saber tudo que deve ser levado em consideração na hora de escolher uma amostra de pesquisa, clique aqui.

  • Marcas fazem parte do dia-a-dia das pessoas.

    Entender como as marcas se conectam às pessoas, suprindo necessidades e desejos, conscientes ou não, é um trabalho tão inspirador quanto a motivação de torna-las cada vez mais relevantes.

    Para entender elementos racionais e emocionais, combinamos dados e observação ao contexto que as marcas estão inseridas. Trilhamos caminhos juntos, descobrindo os fatores que permeiam a imagem e o território das marcas, gerando insights inspiradores e recomendações claras.

    Entre em Contato

  • Experiências estão em toda a parte.

    Oferecer uma experiência relevante aos consumidores em um mundo omni-channel, com rápida experimentação de novas tecnologias, também é missão nossa.

    Pessoas transitam entre lojas físicas e ambientes digitais, contextos culturais e relações sociais e nós utilizamos uma variedade de recursos, técnicas e metodologias para analisar estas vivências de diferentes ângulos. Não deixamos nada para trás, hábitos e atitudes, comportamentos, valores, fatores de escolha e opinião.

    Estamos de olho em todo o processo e contexto, assim, fundamentamos nossas recomendações estratégicas e táticas, para a tomada de decisões, em todos os pontos de venda do cliente.

    Entre em Contato

  • Facilitando campanhas eficientes.

    Pesquisas inteligentes e bem executadas trazem novos caminhos para inovação e criatividade na comunicação. Sabemos que quando se trata de mídia, tudo joga a favor do conhecimento.

    Grandes marcas e agências utilizam nossas metodologias para entenderem o desempenho de suas campanhas ontem, hoje e amanhã.

    Nossa inteligência digital permite o uso das mais avançadas tecnologias de pesquisa em pré e pós testes de campanhas. Podemos avaliar como uma ideia funcionará para determinados meios, veículos, canais, públicos, etc. Conhecemos o cenário de mídia e atendemos anunciantes e agências de forma flexível e customizada.

    Entre em Contato