O Brand Move é um evento online que traz insights para a construção de marcas. Ele é realizado pelo Instituto QualiBest em parceria com a Top Brands e tem por objetivo compartilhar cases de sucesso, técnicas de pesquisa e outras práticas de fortalecimento das empresas. 

Em outubro de 2021, três painéis trouxeram importantes nomes do mercado, contando com 800 participantes assistindo aos três dias de conteúdos e cases. 

Confira os temas abordados

 

  • O Desafio da Transformação Digital das Marcas

    Três setores que passaram por intensas transformações durante a pandemia trouxeram suas explanações no Brand Move de como lidar com as mudanças de impacto nesse contexto. Bruno Campos, Diretor de Marketing Digital e Mídia na GM South América; Camila Belezi, Gerente de Transformação Digital e Ágil na Riachuelo; e Lilian Magalhães, CRM & Inteligência de Mercado no  Hospital Israelita Albert Einstein compartilharam seus insights e cases de sucesso.

    A maior questão é: o que mudou nos últimos dois anos? O consumidor. E como criar valor para o consumidor? Eles mostram que, hoje, o público aceita passar por algumas coisas que não agregam valor para chegar ao que realmente agrega.  Exemplificando, seria o equivalente a ouvir a versão do Spotify com propagandas para usufruir do serviço sem custos. Além disso, o case do setor automobilístico trouxe que o conceito de posse passou a conflitar com o conceito de uso, ou seja, o foco de importância de um produto está para a sanar as dores dos clientes e não necessariamente por conta de um status pessoal.

    Quanto ao tema praticidade, esse consumidor quer as opções na palma da mão ao invés de ir até a loja. Mas não adianta apenas digitalizar as opções para o cliente e suas demandas, como também capacitar as equipes de atendimento para essa nova maneira de vender com uso de tecnologia. Em resumo, o futuro é online, inclusive a venda de bens com alto custo. Pensando nisso, há uma necessidade de realinhar culturas organizacionais, com mais colaboração e autonomia para os times, incluindo  diversidade, inovação e sustentabilidade. O cliente é o centro e a digitalização deve ser pensada como “gente cuidando de gente”, estando disponível em diferentes canais. Assista na íntegra!

 

  • Elasticidade e Extensão de Marcas.

    Para falar sobre o tema no Brand Move, foram convidados Valdir Nascimento, Head of Marketing na Nestlé Coffee (Starbucks e Nescafé); Tiago Garcia Leal, Gerente corporativo de marketing, inovação e varejo próprio – Santa Helena (Case Paçoquita); e Luana Carvalho, Gerente de Marketing na DPA Brasil.

    Como você pode conferir no vídeo completo abaixo, é preciso que as marcas mantenham sua essência, mas saibam se adaptar ao longo do tempo – como aconteceu com a Nescafé, por exemplo, que levou máquinas para as cafeterias e reforçou o seu conhecimento no setor. As marcas precisam estar atentas para se tornarem relevantes em seu mercado e gerar confiança na relação com o seu público.

    Esse ‘estar atento’ ao que o cliente quer ajuda a aproximar sua empresa dele, fazendo com que o consumidor queira adquirir seu produto ou serviço a partir dessa relação. Outro tópico importante é pensar a comunicação não pela quantidade, mas pela relevância dos veículos e influenciadores que vão falar pela marca. Se quem fala não acredita no projeto, será mais difícil convencer o público.

    Quando se fala em extensão de marca, é preciso planejar-se para que seu negócio seja reconhecido como especialista no assunto. Estender também tem a ver com entender que um novo público pode ser agregado à marca. Criar novas categorias dentro do produto principal, como foi o caso da Paçoquita, exige um estudo de consumidor para entender como a empresa está inserida na vida deles, além de compreender o que essas pessoas querem de você. 

 

  • Celebridades e Influenciadores na Construção de Marca

    Para falar neste painel, foram convidados Eduardo Muniz, Diretor de Marketing na Mondial; e Rafael Coca, Founder & COO no Spark e Fabia Silveira, Gerente de planejamento e atendimento no QualiBest.

    Quando sua empresa inicia um projeto de comunicação, precisa estar atenta não apenas ao público-alvo, mas principalmente em qual seria a persona mais assertiva para conversar com esse público. Se o influenciador digital ou artista escolhido para uma ação tem a essência da marca internalizada nele, fica mais fácil entregar resultados.

    É preciso também tomar alguns cuidados dentro desse processo vivo, incluindo perceber a sinergia entre a celebridade e a marca; observar se o escolhido tem uma superexposição relacionada a outras marcas e, caso sim, quem são elas e se vale a pena estar entre todas; ter uma definição clara na fronteira com outras marcas.

    Uma das mudanças que geraram este cenário é que, antes, as empresas contavam sua própria história. Hoje, são as pessoas que falam sobre elas. O mercado é tão grande que já está passando dos US$ 14 bilhões neste ano. Em geral, 86,5% das marcas declaram que trabalhar com influenciadores traz resultados que não se veem com outras comunicações digitais. Além disso, o brasileiro é uma população que de fato acredita nos influenciadores digitais.

    Para o fechamento deste painel, o QualiBest apresentou o QInfluencer Check, modelo de estudo de pré-teste para apoiar agências e marcas a escolherem os influenciadores e formadores de opinião mais adequados para suas campanhas.

    A ideia do estudo vem da constatação que muitas vezes, durante a fase de curadoria e seleção de perfis de influenciadores, as marcas buscam maneiras de confirmar a adequação qualitativa daquele perfil com sua marca e os objetivos da campanha.  Portanto, além de dados provindos via softwares agora as empresas podem agregar via checagem de atributos prévio a seleção do perfil que irão representar a sua marca.

 

Mais uma vez estes temas reafirmam a importância de um bom planejamento onde a pesquisa de mercado tem um papel fundamental para o sucesso e assertividade de suas escolhas.

Também estiveram presentes no Brand Move a Daniela Daud Malouf, Sócia Diretora no QualiBest; Marcos Machado, Sócio na TopBrands.

  • Marcas fazem parte do dia-a-dia das pessoas.

    Entender como as marcas se conectam às pessoas, suprindo necessidades e desejos, conscientes ou não, é um trabalho tão inspirador quanto a motivação de torna-las cada vez mais relevantes.

    Para entender elementos racionais e emocionais, combinamos dados e observação ao contexto que as marcas estão inseridas. Trilhamos caminhos juntos, descobrindo os fatores que permeiam a imagem e o território das marcas, gerando insights inspiradores e recomendações claras.

    Entre em Contato

  • Experiências estão em toda a parte.

    Oferecer uma experiência relevante aos consumidores em um mundo omni-channel, com rápida experimentação de novas tecnologias, também é missão nossa.

    Pessoas transitam entre lojas físicas e ambientes digitais, contextos culturais e relações sociais e nós utilizamos uma variedade de recursos, técnicas e metodologias para analisar estas vivências de diferentes ângulos. Não deixamos nada para trás, hábitos e atitudes, comportamentos, valores, fatores de escolha e opinião.

    Estamos de olho em todo o processo e contexto, assim, fundamentamos nossas recomendações estratégicas e táticas, para a tomada de decisões, em todos os pontos de venda do cliente.

    Entre em Contato

  • Facilitando campanhas eficientes.

    Pesquisas inteligentes e bem executadas trazem novos caminhos para inovação e criatividade na comunicação. Sabemos que quando se trata de mídia, tudo joga a favor do conhecimento.

    Grandes marcas e agências utilizam nossas metodologias para entenderem o desempenho de suas campanhas ontem, hoje e amanhã.

    Nossa inteligência digital permite o uso das mais avançadas tecnologias de pesquisa em pré e pós testes de campanhas. Podemos avaliar como uma ideia funcionará para determinados meios, veículos, canais, públicos, etc. Conhecemos o cenário de mídia e atendemos anunciantes e agências de forma flexível e customizada.

    Entre em Contato