A pesquisa quantitativa é aquela cujo objetivo está em traduzir todos os dados, números e/ou porcentagens adquiridos em um estudo para conseguir respostas conclusivas sobre temas diversos, descrevendo de maneira factual os dados e insights coletados.

No entanto, para conseguir esses resultados é preciso que haja uma amostra (público respondente) que simule o público-alvo da empresa de maneira verossímil e nesse artigo do Instituto QualiBest iremos explicar o que é preciso saber para definir a amostra da sua pesquisa de mercado com exatidão.

Entenda o que é amostra em uma pesquisa quantitativa

A amostra de uma pesquisa quantitativa diz respeito a um recorte sociodemográfico da população para criar um grupo específico que corresponda ao público-alvo e assim poder entender seu comportamento para aplicar em uma campanha.

Para determinar essa amostra com maior assertividade é preciso primeiro definir quais os objetivos do seu projeto e qual o público que deseja impactar.

A partir disso é preciso escolher o tipo de amostragem mais adequado entre dois tipos principais:

Amostragem probabilística

Consiste em uma amostragem em que todos os participantes tenham uma probabilidade maior que zero de serem selecionados e responder a pesquisa. Esse tipo exige um critério imparcial e aleatório de escolha dos respondentes.

Alguns exemplos de amostragem probabilística são:

  • Amostragem aleatória simples;
  • Amostragem aleatória estratificada;
  • Amostragem por conglomerados;
  • Amostragem sistemática.

Amostragem não probabilística

Esse tipo de amostragem não escolhe os participantes de maneira aleatória. É o tipo que não possui obrigação com o equilíbrio na escolha dos respondentes. São indivíduos selecionados em locais de grande circulação, por exemplo.

Alguns tipos de amostragem não probabilística são:

  • Amostragem de conveniência;
  • Amostragem consecutiva;
  • Amostragem de cotas;
  • Amostragem bola de neve;
  • Amostragem por julgamento.

Além disso, quando falamos de amostra para pesquisa quantitativa, se faz necessário ainda o uso do cálculo amostral, para que os resultados traduzidos em números sejam confiáveis.

Para conseguir isso, o cálculo amostral leva em consideração algumas variáveis:

  • População – o total de respondentes ou eventos;
  • Amostra – a quantidade desse total que é factualmente investigada;
  • Erro amostral – a porcentagem que pode variar do resultado. Conhecido como erro percentual “X por cento, para mais ou para menos”;
  • Distribuição da população – quanto maior for a variação (grupos) da população maior será a amostra necessária;
  • Nível de confiança – é o índice que exemplifica a probabilidade de os resultados serem fidedignos com a opinião dos grupos pesquisados.

Como foi possível notar, definir a amostra de uma pesquisa de mercado é o que vai definir a assertividade de uma campanha, por esse motivo é fundamental executar essa etapa da maneira mais segura possível e contando com o auxílio de profissionais qualificados do ramo.

Quer saber mais sobre o assunto e descobrir como um painel de pesquisa pode entregar resultados de maneira muito mais rápida e eficiente?

Então entre em contato com o Instituto QualiBest e fale com um de nossos especialistas.

  • Marcas fazem parte do dia-a-dia das pessoas.

    Entender como as marcas se conectam às pessoas, suprindo necessidades e desejos, conscientes ou não, é um trabalho tão inspirador quanto a motivação de torna-las cada vez mais relevantes.

    Para entender elementos racionais e emocionais, combinamos dados e observação ao contexto que as marcas estão inseridas. Trilhamos caminhos juntos, descobrindo os fatores que permeiam a imagem e o território das marcas, gerando insights inspiradores e recomendações claras.

    Entre em Contato

  • Experiências estão em toda a parte.

    Oferecer uma experiência relevante aos consumidores em um mundo omni-channel, com rápida experimentação de novas tecnologias, também é missão nossa.

    Pessoas transitam entre lojas físicas e ambientes digitais, contextos culturais e relações sociais e nós utilizamos uma variedade de recursos, técnicas e metodologias para analisar estas vivências de diferentes ângulos. Não deixamos nada para trás, hábitos e atitudes, comportamentos, valores, fatores de escolha e opinião.

    Estamos de olho em todo o processo e contexto, assim, fundamentamos nossas recomendações estratégicas e táticas, para a tomada de decisões, em todos os pontos de venda do cliente.

    Entre em Contato

  • Facilitando campanhas eficientes.

    Pesquisas inteligentes e bem executadas trazem novos caminhos para inovação e criatividade na comunicação. Sabemos que quando se trata de mídia, tudo joga a favor do conhecimento.

    Grandes marcas e agências utilizam nossas metodologias para entenderem o desempenho de suas campanhas ontem, hoje e amanhã.

    Nossa inteligência digital permite o uso das mais avançadas tecnologias de pesquisa em pré e pós testes de campanhas. Podemos avaliar como uma ideia funcionará para determinados meios, veículos, canais, públicos, etc. Conhecemos o cenário de mídia e atendemos anunciantes e agências de forma flexível e customizada.

    Entre em Contato