O marketplace Mercado Livre nasceu em agosto de 1999, na garagem de um edifício comercial localizado no bairro de Saavedra, na cidade de Buenos Aires (Argentina). Pouco tempo antes, o hoje CEO da marca Marcos Galperin finalizava seu MBA na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, quando montou o modelo de negócios da startup, que atualmente opera em 18 países, com o objetivo de democratizar o comércio eletrônico e os serviços financeiros.

A ideia partiu de quatro empreendedores que reservaram duas vagas no estacionamento, colocaram paredes com drywall e deram vida ao escritório. Os amigos perceberam uma necessidade e, portanto, uma oportunidade na região.

A demanda não atendida na época era ousada: eliminar barreiras para quem quisesse empreender, reduzindo a desigualdade. A ideia da empresa partiu de uma conversa sobre a importância do setor privado para desenvolver produtos e serviços, trazendo inovação, geração de trabalho genuíno e inclusão. Mais de duas décadas depois, o Mercado Livre segue líder do segmento.

O Relatório Setores do E-commerce, elaborado pela Conversion, mostra que o Mercado Livre é líder não apenas do setor onde atua, como também em volume de acessos de e-commerce como um todo.

Em números, a empresa tem 28% do Share of Search dos marketplaces e fica à frente dos dois principais concorrentes. São eles a Amazon, com 13,5%, e a Shopee, com 11% (mesmo que a marca tenha crescido 7% entre janeiro e junho de 2022). Em resumo, o Mercado Livre é o maior e-commerce do Brasil.

Neste ranking, mesmo em meio a polêmicas relacionadas a relações de trabalho denunciadas pelo documentário “Untold: inside the Shein Machine”, a asiática Shein viu crescer seus acessos mensais nas plataformas digitais durante o período (51% de aumento) e ocupa a décima posição no ranking dos e-commerces mais acessados, aproximando-se da Netshoes.

A pergunta que fica é: como o Mercado Livre consegue ser pioneiro e líder no setor há tantos anos? Na verdade, é impossível permanecer com esse título se o negócio não observar sempre as tendências de mercado, cuidar para que o consumidor tenha frequentemente uma boa experiência de compra dentro da plataforma e, claro, inovar.

Acompanhe neste artigo como a marca tem feito isso e os resultados que já alcançou.

Quais são os métodos de inovação do Mercado Livre?

O Mercado Livre foi considerado como a empresa mais inovadora da América Latina no ranking da revista Fast Company. A premiação não foi à toa, já que a plataforma é uma das primeiras a oferecer um ambiente centralizado para vendedores e compradores facilitarem seus encontros e negociações, evitando buscas intensas ou burocracias.

A ideia principal foi ganhando mais corpo ao longo dos anos, onde foi desenvolvido todo um ecossistema a partir desse primeiro conceito, com soluções integradas que pudessem colaborar nos processos.

Para se ter uma noção, o primeiro formato do marketplace era um site de leilões pela internet. Com novas necessidades surgindo, foram criados o Mercado Pago, como meio de pagamento digital seguro dentro e fora da plataforma; e o Mercado Envios, que facilita a vida dos usuários para a logística de entrega.

Essas duas ferramentas surgem como uma inovação enorme da empresa, que começou em um momento em que elas eram impensáveis. Hoje, você pode descobrir quais são as tendências da sua área fazendo pesquisas que te levem a insights importantes na construção da sua marca dentro do setor.

Saber o que o mercado espera para o futuro ajuda a estar preparado quando o tema é inovação e auxilia a traçar estratégias para levar sua marca a um bom posicionamento. Tudo isso vai gerar lucros e aumentar o valor do seu negócio, assim como tem acontecido com o Mercado Livre há tanto tempo, que já vale mais que a controladora da Shopee no mundo.

Quanto o Mercado Livre vale?

Atualmente, o Mercado Livre possui um valor de mercado de quase US$ 40 bilhões, de acordo com seu presidente e cofundador Stelleo Tolda. A empresa apresentou uma receita de US$ 7,7 bilhões no primeiro trimestre de 2022, o que configura alta de 32% em comparação ao mesmo período de 2021.

Por outro lado, a dona da Shopee perdeu quase 63% de seu valor desde janeiro deste ano, enquanto que as instabilidades do globo em relação a pandemia e guerra fizeram com que o Mercado Livre recuasse apenas 23%. Hoje, ela é uma das empresas de tecnologia mais valiosas da América Latina.

Para este ano, o marketplace deve investir R$ 17 bilhões, principalmente em logística, serviços e compras de supermercado – este último, que ainda tem baixa penetração no e-commerce brasileiro, mas que cresceu muito durante os últimos anos.

  • Marcas fazem parte do dia-a-dia das pessoas.

    Entender como as marcas se conectam às pessoas, suprindo necessidades e desejos, conscientes ou não, é um trabalho tão inspirador quanto a motivação de torna-las cada vez mais relevantes.

    Para entender elementos racionais e emocionais, combinamos dados e observação ao contexto que as marcas estão inseridas. Trilhamos caminhos juntos, descobrindo os fatores que permeiam a imagem e o território das marcas, gerando insights inspiradores e recomendações claras.

    Entre em Contato

  • Experiências estão em toda a parte.

    Oferecer uma experiência relevante aos consumidores em um mundo omni-channel, com rápida experimentação de novas tecnologias, também é missão nossa.

    Pessoas transitam entre lojas físicas e ambientes digitais, contextos culturais e relações sociais e nós utilizamos uma variedade de recursos, técnicas e metodologias para analisar estas vivências de diferentes ângulos. Não deixamos nada para trás, hábitos e atitudes, comportamentos, valores, fatores de escolha e opinião.

    Estamos de olho em todo o processo e contexto, assim, fundamentamos nossas recomendações estratégicas e táticas, para a tomada de decisões, em todos os pontos de venda do cliente.

    Entre em Contato

  • Facilitando campanhas eficientes.

    Pesquisas inteligentes e bem executadas trazem novos caminhos para inovação e criatividade na comunicação. Sabemos que quando se trata de mídia, tudo joga a favor do conhecimento.

    Grandes marcas e agências utilizam nossas metodologias para entenderem o desempenho de suas campanhas ontem, hoje e amanhã.

    Nossa inteligência digital permite o uso das mais avançadas tecnologias de pesquisa em pré e pós testes de campanhas. Podemos avaliar como uma ideia funcionará para determinados meios, veículos, canais, públicos, etc. Conhecemos o cenário de mídia e atendemos anunciantes e agências de forma flexível e customizada.

    Entre em Contato