Sabe-se que ainda há relatos de pessoas que fazem suas tatuagens em locais estratégicos do corpo, onde seja possível esconder, no caso de um emprego novo, ou até de familiares. Porém, esta realidade pode estar mudando. Para entender melhor o cenário, o Instituto QualiBest realizou uma pesquisa para saber como as pessoas enxergam a arte no corpo que, por muitos séculos, foi irreversível.

Foram entrevistadas 1.874 pessoas com mais de 18 anos, em todo o país, das classes A, B e C. Delas, apenas 27% possuem tatuagem, sendo que 34% das mulheres afirmaram ter alguma, contra apenas 19% dos homens. Além disso, metade dos respondentes tatuados fez sua arte até os 20 anos de idade. Um comportamento curioso é que uma considerável parcela de mulheres optou por fazer suas tatuagens com mais idade que os homens, 22% realizou tatuagem depois dos 30 anos, contra 5% de homens.

Outro dado interessante é que mais da metade dos que responderam “sim” possuem tatuagem no braço (54%) –  principalmente os homens (68%). Isso mostra que as pessoas estão cada vez menos preocupadas em esconder de fato sua arte corporal. Já as costas vêm em segundo lugar com 39% e outros locais comuns são perna (25%), ombro (18%), pé (14%), costela (11%) e barriga (6%). Nos pés, as mulheres tatuam muito mais que os homens, somando 21%, enquanto eles são apenas 3%.

Esteja de um lado ou de outro, somando aqueles que já enfrentaram as agulhas e os que ainda não, 39% dos entrevistados acreditam que as tatuagens deixam sim as pessoas, no geral, mais bonitas. Além disso, 62% daqueles que já possuem a arte corporal, faria outra.

Arrependimento

Uma das questões que pode impedir uma pessoa de tatuar é o medo de se arrepender. A pesquisa mostrou que a maioria dos entrevistados sem tatuagem acredita que poderia se lamentar no futuro (54%). Ainda, uma boa parte deles (19%) também concorda que a arte corporal fica mais bonita em pessoas mais jovens. Por outro lado, a taxa de arrependimento de quem possui tatuagem é de apenas 19%.

  • Marcas fazem parte do dia-a-dia das pessoas.

    Entender como as marcas se conectam às pessoas, suprindo necessidades e desejos, conscientes ou não, é um trabalho tão inspirador quanto a motivação de torna-las cada vez mais relevantes.

    Para entender elementos racionais e emocionais, combinamos dados e observação ao contexto que as marcas estão inseridas. Trilhamos caminhos juntos, descobrindo os fatores que permeiam a imagem e o território das marcas, gerando insights inspiradores e recomendações claras.

    Entre em Contato

  • Experiências estão em toda a parte.

    Oferecer uma experiência relevante aos consumidores em um mundo omni-channel, com rápida experimentação de novas tecnologias, também é missão nossa.

    Pessoas transitam entre lojas físicas e ambientes digitais, contextos culturais e relações sociais e nós utilizamos uma variedade de recursos, técnicas e metodologias para analisar estas vivências de diferentes ângulos. Não deixamos nada para trás, hábitos e atitudes, comportamentos, valores, fatores de escolha e opinião.

    Estamos de olho em todo o processo e contexto, assim, fundamentamos nossas recomendações estratégicas e táticas, para a tomada de decisões, em todos os pontos de venda do cliente.

    Entre em Contato

  • Facilitando campanhas eficientes.

    Pesquisas inteligentes e bem executadas trazem novos caminhos para inovação e criatividade na comunicação. Sabemos que quando se trata de mídia, tudo joga a favor do conhecimento.

    Grandes marcas e agências utilizam nossas metodologias para entenderem o desempenho de suas campanhas ontem, hoje e amanhã.

    Nossa inteligência digital permite o uso das mais avançadas tecnologias de pesquisa em pré e pós testes de campanhas. Podemos avaliar como uma ideia funcionará para determinados meios, veículos, canais, públicos, etc. Conhecemos o cenário de mídia e atendemos anunciantes e agências de forma flexível e customizada.

    Entre em Contato