O quão determinante a fachada de uma loja pode ser para que você decida se a visita ou não?  Se você acredita que ela é um aspecto fundamental, você está entre os seis em cada dez brasileiros que pensam dessa forma.

Uma pesquisa realizada em abril desse ano a pedido da Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo (ABIESV) mostrou que para 59% dos entrevistados, a análise da vitrine define se a loja combina com o seu gosto ou não.

Além disso, para 61% uma boa fachada é fundamental para a identificação da marca, 57% se ela é uma loja cara ou barata e 50% se os produtos são de boa qualidade.

A pesquisa mostrou também que, 79% dos entrevistados realizaram compras em shoppings nos últimos seis meses, o que nos fez questioná-los sobre quais aspectos consideram mais importantes ao analisarem somente essas lojas físicas: 26% acreditam que uma boa disposição dos produtos é fundamental, bem como caixa rápido (18%), boa climatização e amplo espaço para circulação, com 13% cada.

Por falar em caixa rápido, 88% acreditam que o aspecto mais importante para o setor é ter operadores suficientes para que não se formem filas e que, sobre o fato de lojas que disponibilizam caixas de autoatendimento, 63% declararam não haver problema algum em não existir um operador para realizar o pagamento, e que gostariam de resolver sozinhos essa etapa da compra.

Segundo Akira Nagata, presidente da Abiesv: “apesar do avanço digital, sabemos que há consumidores que não deixam de comprar em lojas físicas ou os que adquirem produtos em canais físicos e digitais.  O objetivo dessa pesquisa é buscar insights que possam fazer com que o setor esteja alinhado às ideias de consumo e que possa contribuir ainda mais com a criação de espaços agradáveis para os clientes de nossos clientes. ”

Para essa pesquisa, foram ouvidas 616 pessoas, de ambos os sexos, com idades a partir de 18 anos, pertencentes as classes A B e C de todas as regiões do Brasil.