Os dados coletados em pesquisas qualitativas e quantitativas, quando analisados adequadamente, são um grande diferencial para todas as empresas e a resposta para aumentar a eficiência e impulsionar a tomada de decisão. O ambiente de negócios é competitivo e, para as empresas permanecerem no topo, precisam usar todas as estratégias para manter a sua competitividade. E já está comprovado que os dados são um dos principais ativos que as empresas podem usar para se manter à frente dos concorrentes. As informações coletadas por meio de pesquisas são analisadas para identificar padrões e informações de tendências do mercado e do comportamento do cliente.

Mas muitos executivos e investidores assumem como uma verdade inquestionável que basta usar os dados do cliente para obter uma vantagem competitiva. Para eles, quanto mais clientes você tiver, mais dados poderá coletar e esses dados, quando analisados ​​com inovadoras ferramentas, permitem oferecer um produto melhor que vai atrair mais clientes. Mas, na maioria dos casos, as pessoas superestimam bastante a vantagem que os dados conferem. É preciso transformar dados em inteligência, obtendo os insights que realmente vão fazer a diferença na sua busca por competitividade.

Avaliando o comportamento do cliente

Os clientes valorizam um excelente serviço e querem experiências únicas. Isso faz da satisfação do cliente um dos principais objetivos das empresas. Mas entregar uma experiência inesquecível ao cliente é mais fácil dizer do que fazer. As empresas precisam obter informações mais profundas sobre o comportamento do consumidor, e o cliente precisa ser capaz de decodificar o que realmente deseja. É através da análise de dados que as empresas conseguem estabelecer o tipo de soluções que clientes específicos precisam.

A satisfação do cliente é um dos elementos que tornam um negócio competitivo. E as empresas podem identificar o tipo de produto que uma demografia específica demanda para interagir e entregar uma melhor experiência por meio da análise e mineração de dados – o processo de explorar grandes quantidades e dados à procura de padrões consistentes, como regras de associação ou sequências temporais, para detectar relacionamentos sistemáticos entre variáveis, detectando assim novos subconjuntos de dados, descobrindo regras, identificando tendências, padrões e relacionamentos ocultos em grandes bancos de dados para auxiliar a tomada de decisões sobre estratégia e vantagem competitiva.

Os dados disponíveis sobre os clientes continuam a crescer sempre que a empresa interage com eles. Esses dados, se analisados, são capazes de fornecer informações detalhadas sobre todas as etapas da tomada de decisão do cliente. Com essas ideias, as empresas podem apresentar estratégias que podem ajudar a conquistar os corações dos clientes.

Atendendo a demandas diversas

Os dados referentes a um usuário servem como guia somente para melhorar o produto para esse usuário ou pode identificar a demanda de outros usuários? Idealmente, eles farão as duas coisas, mas a diferença entre elas importante. Quando os dados de um usuário melhoram o produto para essa pessoa, a empresa pode customizá-lo e entregar uma experiência personalizada. Quando os dados de um usuário aprimoram o produto para outros usuários, isso pode criar um efeito de rede. Ambos os tipos de aprimoramentos ajudam a formar uma barreira à entrada de concorrentes, mas o primeiro torna os clientes existentes mais exigentes, enquanto o segundo fornece uma vantagem importante na competição por novos clientes.

A importância de um ciclo rápido de aprendizado

Com que rapidez as ideias dos dados do usuário podem ser incorporadas aos produtos?

Ciclos rápidos de aprendizado fazem com que seja um desafio para os concorrentes acompanharem as inovações, principalmente se ocorrerem vários ciclos de aprimoramento do produto durante seu ciclo de vida. Mas quando uma inovação ou melhoria leva anos para ser incorporada ao produto, mesmo que os dados indiquem a demanda por novas funcionalidades, os concorrentes têm mais chance de inovar nesse meio tempo coletando seus próprios dados de usuário.

Portanto, a vantagem competitiva dos dados do cliente é mais forte quando gera um aprendizado e resulta em aprimoramentos mais frequentes do produto para esse mesmo cliente , em vez de focar apenas nos futuros clientes do produto ou serviço.

Coletar informações do cliente e usá-las para criar melhores produtos e serviços é uma estratégia bem antiga, mas esse processo costumava ser lento, de escopo limitado e oferecia pouca escalabilidade. Mas, se antes desenvolver pesquisas e painéis era um processo complicado e caro, hoje, com inovadoras soluções digitais, é possível coletar dados consistentes, contextualizados, que realmente vão gerar competitividade.

Três maneiras (resumidas) de aproveitar dados de pesquisa

  1. Dados provenientes de pesquisas permitem obter uma segmentação cada vez mais precisa de clientes e, portanto, entregar produtos ou serviços muito mais aderentes às necessidades de cada segmento.
  2. A análise sofisticada pode melhorar substancialmente a tomada de decisões, minimizar os riscos e descobrir insights valiosos que, de outra forma, permaneceriam ocultos.
  3. Dados podem ser usados para desenvolver a próxima geração de produtos e serviços. A partir da análise da opinião dos clientes, é possível implantar melhorias nos produtos e também criar ofertas inovadoras como, por exemplo, serviços de pós-venda.
  • Marcas fazem parte do dia-a-dia das pessoas.

    Entender como as marcas se conectam às pessoas, suprindo necessidades e desejos, conscientes ou não, é um trabalho tão inspirador quanto a motivação de torna-las cada vez mais relevantes.

    Para entender elementos racionais e emocionais, combinamos dados e observação ao contexto que as marcas estão inseridas. Trilhamos caminhos juntos, descobrindo os fatores que permeiam a imagem e o território das marcas, gerando insights inspiradores e recomendações claras.

    Entre em Contato

  • Experiências estão em toda a parte.

    Oferecer uma experiência relevante aos consumidores em um mundo omni-channel, com rápida experimentação de novas tecnologias, também é missão nossa.

    Pessoas transitam entre lojas físicas e ambientes digitais, contextos culturais e relações sociais e nós utilizamos uma variedade de recursos, técnicas e metodologias para analisar estas vivências de diferentes ângulos. Não deixamos nada para trás, hábitos e atitudes, comportamentos, valores, fatores de escolha e opinião.

    Estamos de olho em todo o processo e contexto, assim, fundamentamos nossas recomendações estratégicas e táticas, para a tomada de decisões, em todos os pontos de venda do cliente.

    Entre em Contato

  • Facilitando campanhas eficientes.

    Pesquisas inteligentes e bem executadas trazem novos caminhos para inovação e criatividade na comunicação. Sabemos que quando se trata de mídia, tudo joga a favor do conhecimento.

    Grandes marcas e agências utilizam nossas metodologias para entenderem o desempenho de suas campanhas ontem, hoje e amanhã.

    Nossa inteligência digital permite o uso das mais avançadas tecnologias de pesquisa em pré e pós testes de campanhas. Podemos avaliar como uma ideia funcionará para determinados meios, veículos, canais, públicos, etc. Conhecemos o cenário de mídia e atendemos anunciantes e agências de forma flexível e customizada.

    Entre em Contato