Naturalmente você está empolgado com sua nova ideia de produto ou serviço, mas como você sabe se alguém vai realmente comprá-lo? 

Se identificar uma oportunidade no mercado é fundamental para qualquer empresa que queira permanecer competitiva, desenvolver um novo produto ou serviço e levá-lo ao mercado com sucesso é outro desafio. 

Acima de tudo, é uma tarefa lenta e meticulosa, porque a última coisa que você deseja é ver todos seus projetos afundarem porque você avaliou mal o mercado ou deixou de elaborar uma estratégia eficiente de lançamento. 

Saber se um produto venderá é uma das maiores perguntas do marketing. Você pode pensar que seu novo produto ou serviço vai conquistar o mercado, mas sem ter uma base de informações sobre os desejos e necessidades dos potenciais clientes, ela se torna ainda mais difícil de responder. 

É por isso que existem pesquisas de mercado. A seguir, apresentamos quatro maneiras de pensar em sua ideia de negócio antes de colocá-lo no mercado: 

Avalie a categoria do seu produto 

Existem mais desafios e, consequentemente, mais riscos, ao entrar com um novo produto em um mercado que já é altamente competitivo. Por exemplo, é difícil para as empresas introduzirem com êxito um novo smartphone em um cenário que já possui marcas fortes e consolidadas em diversas faixas de preço. 

Por isso, entrar no mercado em categorias que não têm líderes é um ótimo ponto para começar. Mercados amplos e gerais também oferecem menos riscos. Pode não parecer, mas ainda existem muitos problemas que precisam ser resolvidos e serviços que os clientes demandam e não encontram. 

Ouça o mercado 

Se você está no mundo dos negócios, precisa aceitar que os clientes determinem o destino e o sucesso da sua empresa. Eles têm a palavra final e, assim, conhecer o mercado antes de começar a vender seu produto pode fornecer uma descrição mais clara do que você vai enfrentar. 

Antes de começar a desenvolver seu produto ou serviço, conheça os conceitos básicos do mercado em que está entrando: 

  • Receitas no mercado local, regional e nacional; 
  • Conheça a competição; 
  • Determine em que ciclo de vida está o mercado; 
  • Conheça o público-alvo do seu produto; 

Depois disso, é possível tomar melhores decisões sobre como abordar os potenciais consumidores. 

Mantenha os clientes atuais 

Lembre-se de que a lealdade do cliente e o reconhecimento da marca são dois dos maiores fatores na venda de produtos. Com a quantidade de opções disponíveis no mercado, seus clientes atuais podem migrar para um novo produto. Portanto, considere o quanto seus clientes estão dispostos a mudar e a gastar. Repetir negócios também é mais barato do que “comprar” um novo cliente. 

Teste seu produto 

Algumas das maiores empresas do mundo testam seus produtos antes de apresentá-los ao mercado. Começar com pequenos testes – online ou em lojas selecionadas – pode responder muitas perguntas. Obter feedback do cliente permite ajustar o produto ou ideia antes de produzir algo que pode falhar. 

É preciso saber quando é hora de deixar um projeto de lado 

Saber quando é preciso deixar de lado um projeto que não está avançando é tão importante quanto saber quando pressionar para manter algo que está funcionando. 

É muito difícil desistir, mas é preciso fazê-lo quando não há mercado para o seu produto. Se é um trabalho árduo vender algo, há algo errado. Você nunca deve se esforçar para que as pessoas entendam a sua oferta. 

As tendências estão mudando mais rápido do que nunca. Com frequência, as pressões competitivas obrigam as empresas a atender demandas reduzindo o tempo de desenvolvimento de um novo produto ou serviço. 

Mas essa “pressa” é um risco, já que a era das redes sociais coloca a reputação da marca, design de produto, mensagens de campanha e lançamento de produtos sob uma comunicação amplificada. 

Erros na estratégia do negócio podem ser evitados envolvendo os próprios consumidores. Usando insights que eles oferecem, as empresas podem destacar as principais mensagens e estratégias para se relacionar adequadamente com seus públicos e avaliar se realmente existe mercado para o seu produto. 

  • Marcas fazem parte do dia-a-dia das pessoas.

    Entender como as marcas se conectam às pessoas, suprindo necessidades e desejos, conscientes ou não, é um trabalho tão inspirador quanto a motivação de torna-las cada vez mais relevantes.

    Para entender elementos racionais e emocionais, combinamos dados e observação ao contexto que as marcas estão inseridas. Trilhamos caminhos juntos, descobrindo os fatores que permeiam a imagem e o território das marcas, gerando insights inspiradores e recomendações claras.

    Entre em Contato

  • Experiências estão em toda a parte.

    Oferecer uma experiência relevante aos consumidores em um mundo omni-channel, com rápida experimentação de novas tecnologias, também é missão nossa.

    Pessoas transitam entre lojas físicas e ambientes digitais, contextos culturais e relações sociais e nós utilizamos uma variedade de recursos, técnicas e metodologias para analisar estas vivências de diferentes ângulos. Não deixamos nada para trás, hábitos e atitudes, comportamentos, valores, fatores de escolha e opinião.

    Estamos de olho em todo o processo e contexto, assim, fundamentamos nossas recomendações estratégicas e táticas, para a tomada de decisões, em todos os pontos de venda do cliente.

    Entre em Contato

  • Facilitando campanhas eficientes.

    Pesquisas inteligentes e bem executadas trazem novos caminhos para inovação e criatividade na comunicação. Sabemos que quando se trata de mídia, tudo joga a favor do conhecimento.

    Grandes marcas e agências utilizam nossas metodologias para entenderem o desempenho de suas campanhas ontem, hoje e amanhã.

    Nossa inteligência digital permite o uso das mais avançadas tecnologias de pesquisa em pré e pós testes de campanhas. Podemos avaliar como uma ideia funcionará para determinados meios, veículos, canais, públicos, etc. Conhecemos o cenário de mídia e atendemos anunciantes e agências de forma flexível e customizada.

    Entre em Contato